Ajude a manter esse site!!!

quinta-feira, 17 de março de 2011

Educação Musical: Série Bibliografia Básica -A AFINAÇÃO DO MUNDO - Murray Schafer


 380 páginas
Ed. Unesp

Sobre o livro:
Para recuperar os sons perdidos no passado. R. Murray Schafer serve-se de fontes
literárias, documentais e científicas. Iniciando com a paisagem sonora primordial dos
vulcões, da água e do clima, vemos (e, com nossos ouvidos mentais, ouvimos) nossa
vizinhança sônica crescer em complexidade. Ouvimos um exército de novos sons, à medida
que a civilização se desenvolve: o guinchar da roda, o barulho do martelo do ferreiro
(até a Revolução Industrial, provavelmente, o som mais forte que uma única mão humana
já produzira), o distante resfolegar dos trens a vapor. E ali onde, na floresta
fronteiriça, a audição era nossa mais importante faculdade ("Quando o homem tinha
medo ... todo o seu corpo transformava-se em um ouvido"), agora a cacofonia assume o
poder. "Hoje o mundo sofre de uma superpopulação de sons: há tanta informação acústica
que bem pouca coisa dela pode emergir com clareza." Nossa tarefa, sustenta Schafer, é
ouvir, analisar e estabelecer distinções. Nesse aspecto ele ajuda bastante, fornecendo
sistemas de notação facilmente utilizáveis, mostrando de que modo classificar os sons,
entender sua morfologia e simbolismo, avaliar sua beleza e fealdade. Há "exercícios de
limpeza de ouvidos" destinados a nos tornar mais sensíveis à paisagem sonora, sugestões
para "passeios sonoros", uma discussão a respeito do projeto acústico (em que se inclui
um irrefutável ataque à abominação chamada "ruído branco") e até uma proposta plausível
para um "jardim sonoro" - um espaço agradável, construído com sons naturais, incluindo
o silêncio. Do princípio ao fim, Schafer faz um apelo à nossa imaginação cm fascinantes
descobertas e fatos a respeito do som - da fantástica acústica do anfiteatro de
Epidauro (onde um alfinete que cai pode ser distintamente ouvido de qualquer um dos 14
mil assentos) ao padrão preciso do coaxar dos sapos, à noite, nos arredores de
Vancouver, e a uma pesquisa mundial da legislação anti-ruído (Júlio César criou uma lei
a esse respeito em 44 a.C.). Schafer combina a profunda sensibilidade ao som do
compositor com a curiosidade científica sobre o som e a capacidade do humanista para
sintonizar os nossos sentimentos com os dele. Vivo, culto e pungente, A afinação do
mundo é, com efeito, uma alegria para o ouvido, um livro na fronteira de transformar o
modo pelo qual vivemos com o som.
Sobre o Autor:

R. MURRAY SCHAFER é compositor e autor canadense, conhecido do público brasileiro pelo seu livro O ouvido pensante (Editora UNESP). Tem se envolvido cada vez mais com o estudo do som e do ambiente sônico. De 1970 a 1975, foi professor de Estudos da Comunicação na Universidade Simon Fraser na Colúmbia Britânica, onde idealizou muitos dos experimentos e projetos de pesquisa cujos resultados são apresentados neste livro.

SUMÁRIO:

Prefácio

Prefácio à edição brasileira

Introdução

Parte I - As primeiras paisagens sonoras
1  A paisagem sonora natural
2  Os sons da vida
3  A paisagem sonora rural
4  Do vilarejo à cidade

Parte II - A paisagem sonora pós-industrial
5  A Revolução Industrial
6  A Revolução Elétrica Interlúdio
7  Música, paisagem sonora e mudanças na percepção

Parte III - Análise
8  Notação
9  Classificação
10  Percepção
11  Morfologia
12  Simbolismo
13  Ruído

Parte IV - Em direção ao projeto acústico
14  Audição
15  A comunidade acústica
16  Ritmo e tempo na paisagem sonora
17  O projetista acústico
18  O jardim sonoro
19  Silêncio

Epílogo - A música de além
Glossário de termos relativos à paisagem sonora
Apêndices

1  Amostragem de sistemas de notação sonora
2  Pesquisa internacional de preferência sonora

Índice remissivo

fonte: http://www.freenote.com.br/produto.asp?shw_ukey=38472121703GYEZWUW

Nenhum comentário:

Postar um comentário